quarta-feira, 27 de abril de 2011

Todos os dados de usuários do PSN são roubados, fora do ar por tempo indeterminado

Poucos dias atrás, um ataque contra a PSN Network fez com que a Sony desativasse temporariamente o serviço para avaliar a extensão dos estragos. Muitos pensaram que se tratava de alguma intrusão menor, ou talvez de um simples ataque de negação de serviço, mas a auditoria mostrou que o estrago foi muito maior e potencialmente catastrófico para a reputação da Sony.

Além de os servidores terem sido comprometidos, os invasores conseguiram acesso completo a todos os dados cadastrais de todos os usuários do serviço, incluindo não apenas o nome, endereço, código postal, e-mail, data de nascimento, login, senha e respostas de segurança, mas também os números de cartão de crédito e, possivelmente, também o histórico de compras. Depois de uma falha tão humilhante, a Sony anunciou que o serviço permanecerá offline por tempo indeterminado.
Se você é por acaso um dos 70 milhões (segundo a Sony) ou 42 milhões (segundo a Wikipedia) dos usuários do serviço tem sérias razões para se preocupar, já que os dados coletados são mais do que suficientes para realizar compras utilizando os números de cartão roubados, ou mesmo impersoná-lo, criando contas em outros serviços e assim por diante.

Muitos usuários já começaram a reportar atividades fraudulentas nos cartões usados no serviço e a própria Sony emitiu um comunicado pedindo desculpas e solicitando que todos os usuários acompanham de perto os extratos dos cartões. Como de praxe, uma investigação criminal foi iniciada para tentar identificar os responsáveis, mas isso não muda o fato de que os dados já circulam em mãos erradas, com consequências potencialmente devastadoras. Informações circulam muito rapidamente e o fato de eventualmente prenderem os responsáveis não vai mudar nada. Mais do que um duro golpe para a Sony, o roubo de tantas contas é um golpe contra o próprio sistema de cartões de crédito, que mais uma vez expõe a vulnerabilidade do sistema.

Postar um comentário

Credits